A população está sobre ataques de idéias, grupos e pessoas baseadas na intoterância e ódio social contra pessoas negras, indigenas, pobres, estrangeiras, homoafetivas, prostitutas, população de rua e qualquer uma que seja diferente ou pense diferente de seus preceitos (preconceitos) morais, relgiosos e políticos!

Querem “somar” e dizem defender a nação, mas usam da violência dos conceitos patrioticos, nazistas, nacionalistas, fascistas, integralistas para fundamentarem suas ações.

A sociedade atual está com problemas, mas as culpadas não são as pessoas pobres, as pessoas negras, as prostitutas, as homoafetivas, as pessoas estrangeiras, punks, todas as religiões não cristãs, e por ai vai! A injustiça social feita a partir do lucro máximo, custo mínimo ou vulgo capitalismo é a fonte de muitos problemas, gerando riquezas para poucas pessoas.

O aprofundamento da crise é fruto da crise destas explorações e opressões.

O estado, as elites dominantes querem é mais segurança para aumentar suas vantagens e ampliar as desigualdades sociais, isto é, aumentar o lucro, e lucro é roubo!

Mas como lucrar/roubar?

Criando pensamentos de que precisamos de mais segurança, de uma nação forte, de moralismo, de mais crença na religião cristã (é claro!) e a criminalização dos grupos que denunciam essa relação de poder.

O problema não é a pessoa negra nem a indigena, não é uma pessoa homoafetiva, não são as estrangeiras, não é uma punk, não são as religiões, mas sim o sistema do capital, intolerante, preconceituoso e violento travestido de democrático e republicano até o limite que não afete a relação de poder da exploração e opressão, no consumismo sem barreiras, na submissão sem questionamento em leis do sistema, feitas pelas elites, para submeter mais a nossa gente já muito explorada e extremamente oprimida!

CONHEÇA, LUTE E RESISTA!

Coordenação Antifascista Campinas (em 28 de novembro 2007)

Atenção! Denuncia/Resista!
Tags:             

Deixe uma resposta