PORTUGUÊS (em ESPANHOL)

 

Organizado pela Iniciativa Federalista Anarquista no Brasil (IFA-Brasil) com apoio da Internacional de Federações Anarquistas, a qual pertencem, se celebrou em Campinas a primeira reunião da CRIFA (Comissão de Relacões da IFA) que teve lugar em Latino América, e o III Fórum Geral Anarquista (FGA) em Brasil.

 

Nos dias 14 e 15 de junho, em um excelente ambiente fraterno, com a participação de todas as Federações que acutalmente integran a Internacional em Latino América y varias mais chegadas desde Europa, se desenvolveram os trabalhos e deliberações próprios das CRIFA, mas com uma caracteristica especial: era a primeira vez que se organizava em Latino América desde o nascimento da IFA tendo especial relevância os temas que les eram próprios. Também ocorreu reuniões específicas das Federações de latinoamericanas para melhorar seus trabalhos em comum, estreitar suas relações e programar projetos e campanhas comuns en questões que afetam especialmente a sua região, assim como superar os complexos problemas derivados das enormes distâncias que os separam geograficamente. Al final da CRIFA se aprovou uma nota de apoio aos anarquistas e ao povo venezuelano que passam por momentos de sério conflicto interno.

0
0
0
s2smodern

Ocorrem geralmente em Outubro, é um evento anual anarquista que pretende promover a união do Movimento Anarquista e troca de experiências anarquistas no interior de São Paulo.Estamos na 16ª Edição e ocorrerá em Assis, no estado de São Paulo, nos dias 12,13 e 14  de Outubro.

Todas as pessoas estão convidadas!

Comuniquem a participação para prepararmos alojamento e alimentação!

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Origens e Desenvolvimento do Expressões Anarquistas

O evento foi idealizado pelos grupos Grupo Independente de Estudos Políticos e Sociais (GIEPS) e Coletivo Revolucionário de Ação Popular (CRAP) em Araraquara em 2002, mas não era anarquista, chamava-se Encontro da Juventude Rebelde, que pretendia reunir várias experiências de luta da esquerda e apresentá-las a sociedade focando no público jovem.

Ocorreram 3 edições, todas realizadas em Araraquara, espaços públicos reservados e divulgados em jornais locais. A presença de um público plural foi marcante, assim como as palestras apresentadas.

0
0
0
s2smodern

Nossa memória (video feito em 2012) é luta!

0
0
0
s2smodern

Nossa memória é base para luta!

0
0
0
s2smodern

(texto original em Aurora Obreira 76)
Sim, estamos envolvidas, querendo ou não no processo de alterações nas relações de trabalho que serão referências para as próximas décadas e afetarão diretamente nossa gente e as futuras gerações que serão submetidas as propostas indecentes de trabalho e serão degradadas ainda mais diante do quadro de opressão e exploração.
Afirmamos que todas as pessoas estão envolvidas e boa parte não tem e outras não querem as informações importantes para sua ciência nesse processo e assim agirem conforme ao que entenderem ser o mais sensato. Não é uma prática comum e difundida obter ciência e dela tomar decisões pela maioria de nossa gente, que em boa parte foi condicionada a esperar que “as lideranças” façam e tomem as decisões por elas. Isso é muito perigoso porque transfere a responsabilidade de nossas ações a pessoas terceiras que não possuem a capacidade para tal e fere profundamente o conceito de liberdade que tanta gente defende mas que de fato não compreende o que significa ser livre de fato.

0
0
0
s2smodern
Joomla templates by a4joomla